Mãe D'água - Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018

Padroeira

downloadNo dia 15 de setembro, celebramos a Virgem Maria, com um dos títulos que ela recebeu pelas 7 dores que sofreu em alguns momentos, como na Paixão de Cristo. Convidamos você a conhecer a história de Nossa Senhora das Dores.

Comumente, a imagem de Nossa Senhora das Dores é representada com 7 espadas em seu coração, ou somente uma espada que atravessa seu coração, além de um semblante de sofrimento. A dor mais forte que a Virgem Santíssima viveu foi quando esteve aos pés da cruz e recebeu de seu Filho, Jesus Cristo, a missão de tornar-se a Mãe de todos os homens, de todos os fiéis. Nesse momento, Jesus disse para Maria: “Mãe, eis aí o teu filho”. E Jesus disse a João: “Filho, eis aí tua mãe”.

As setes dores que Nossa Senhora sofreu foram:

1.A profecia de Simeão sobre Jesus (Lucas, 2, 34-35)

34 E Simeão os abençoou e disse à Maria, sua mãe: Eis que este é posto para queda e elevação de muitos em Israel e para sinal que é contraditado 35 (e uma espada traspassará também a tua própria alma), para que se manifestem os pensamentos de muitos corações.

2. A fuga daSagrada Famíliapara o Egito (Mateus, 2, 13-21)

13 E, tendo-se eles retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga, porque Herodes há de procurar o menino para o matar.

3. O desaparecimento do Menino Jesus durante três dias (Lucas, 2, 41-51)

49Ele perguntou: “Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa de meu Pai?” 50Mas eles não compreenderam o que lhes dizia.

51Então foi com eles para Nazaré e era-lhes obediente. Sua mãe, porém, guardava todas essas coisas em seu coração.

4. O encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário (Lucas, 23, 27-31)

27 E seguia-o grande multidão de povo e de mulheres, as quais batiam nos peitos e o lamentavam. 28 Porém Jesus, voltando-se para elas, disse: Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai, antes, por vós mesmas e por vossos filhos.

5. O sofrimento e morte de Jesus na Cruz (João, 19, 25-27)

25 Perto da cruz de Jesus estavam a sua mãe, e a irmã dela, e Maria, a esposa de Clopas, e também Maria Madalena.26 Quando Jesus viu a sua mãe e perto dela o discípulo que ele amava, disse a ela:— Este é o seu filho.27 Em seguida disse a ele:— Esta é a sua mãe. E esse discípulo levou a mãe de Jesus para morar dali em diante na casa dele.

6. Maria recebe o corpo do filho tirado da Cruz (Mateus, 27, 55-61)

59 E José, tomando o corpo, envolveu-o num fino e limpo lençol, 60 e o pôs no seu sepulcro novo, que havia aberto em rocha, e, rolando uma grande pedra para a porta do sepulcro, foi-se. 61 E estavam ali Maria Madalena e a outra Maria, assentadas defronte do sepulcro.

7. O sepultamento do corpo do filho no Santo Sepulcro (Lucas, 23, 55-56)

55 As mulheres que vinham seguindo a Jesus desde a Galiléia, acompanharam José, e contemplando o túmulo, viram como o corpo de Jesus fora colocado naquele local. 56 Em seguida, foram para casa e prepararam perfumes e bálsamos. E no sábado, descansaram, em obediência ao mandamento.

Oração a Nossa Senhora das Dores

Esta é a oração inicial do terço de Nossa Senhora das Dores.

Virgem Dolorosíssima, seríamos ingratos se não nos esforçássemos em promover a memória e o culto de vossas Dores particulares, graças para uma sincera penitência, oportunos auxílios e socorros em todas as necessidades e perigos. Alcançai-nos Senhora, de Vosso Divino Filho, pelos mérito de Vossas Dores e lágrimas, a graça… (expressar a graça que deseja alcançar). Amém.

SIC PRESENCIAL

Rua Luiz Furtado de Figueiredo, 48, Centro | CEP: 58720-000 Mãe'Dágua - Paraíba

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a sexta-feira das 08h às 13h